Siga nossas redes!

Alimentação Nutrigenética

Saúde Física

Reeducação alimentar para todos os tipos de sangue

Tipo AB – O mais moderno

A pessoa de sangue do tipo AB reage melhor ao estresse, espiritualmente, com vivacidade física e energia criativa.

O sangue tipo AB tem menos de mil anos de existência, é raro (2% a 5% da população) e biologicamente complexo. Vários antígenos fazem com que o AB às vezes seja semelhante ao A, outras ao B e às vezes pareça uma fusão de ambos.

Essencialmente, a maior parte dos alimentos que são contra indicados para os tipos A e B provavelmente serão prejudiciais também ao tipo AB – embora haja exceções.

As pessoas de tipo AB geralmente são mais fortes e mais ativas do que as do tipo A, que são mais sedentárias. Sua memória genética ainda mantém partes muito recentes de seus ancestrais tipo B.

Alimentos que estimulam o aumento de peso

CARNE VERMELHA – É de digestão difícil; armazenada como gordura, intoxica o aparelho digestivo.

FEIJÃO – Inibe a eficácia da insulina; provoca a hipoglicemia; diminui o ritmo metabólico.

SEMENTES – Provocam hipoglicemia.

MILHO – Inibe a eficácia da insulina.

TRIGO – Diminui o metabolismo; torna menos eficaz o uso das calorias inibe a eficácia da insulina.

Alimentos que estimulam a perda de peso

TOFU – Aumenta a eficácia metabólica.

FRUTOS DO MAR – Aumentam a eficácia metabólica.

LATICÍNIOS – Aumentam a produção de insulina.

VERDURAS – Aumentam a eficácia metabólica.

ALGAS MARINHAS – Aumentam a produção de insulina.

ABACAXI – Estimula a mobilidade intestinal.

Tipo B – Sistema imunológico forte

Tipo B – O criativo camaleônico

Equilibrado, imunologicamente forte, o tipo B permite opções dietéticas mais flexíveis; é consumidor de laticínios, reage melhor ao estresse com criatividade e requer um equilíbrio entre a atividade física e a mental para permanecer magro e forte.

O tipo B tem características totalmente únicas. Pode-se dizer que ele representa uma sofisticação no caminho da evolução.

Em geral, os de tipo B são capazes de resistir a muitas das mais graves doenças comuns na vida moderna, como as do coração e o câncer. Mesmo quando eles contraem essas doenças, têm maior probabilidade de sobreviver a elas.Contudo, seus sistemas parecem mais vulneráveis a disfunções raras do sistema imunológico, como a esclerose múltipla, o lúpus e a síndrome da fadiga crônica.

Alimentos que estimulam o aumento de peso

MILHO – Inibe a eficácia da insulina, prejudica o ritmo metabólico; causa hipoglicemia.

LENTILHA – Inibe a absorção adequada dos nutrientes; prejudica a eficácia metabólica; causa hipoglicemia.

AMENDOIM – Prejudica a eficácia metabólica; causa hipoglicemia; inibe o funcionamento do fígado.

SEMENTES DE GERGELIM – Prejudica a eficácia metabólica, causa hipoglicemia.

TRIGO – Torna mais lento o processo digestivo e metabólico e faz com que o alimento seja armazenado como gordura e não consumido em forma de energia; inibe a eficácia da insulina.

Alimentos que estimulam a perda de peso

VERDURAS – Aumentam a eficácia do metabolismo.

CARNE – Aumenta a eficácia do metabolismo.

OVOS/LATICINIOS – Aumentam a eficácia do metabolismo.

FÍGADO – Aumenta a eficácia do metabolismo; controla a hipoglicemia.

Tipo B – Sistema imunológico forte

TIPO A – O cultivador

As pessoas de sangue tipo A se dão bem com alimentação vegetariana, têm aparelho digestivo delicado e sistema imunológico tolerante. Sedentárias, reagem melhor ao estresse com atividade relaxante e requerem alimentação vegetariana para permanecerem magras e produtivas.

As pessoas do sangue tipo A são biologicamente predispostas para diabetes, câncer e doenças do coração. Em outras palavras, esses são seus fatores de risco. Não precisam, porém, ser seu destino. Se seguirem esta alimentação, fortalecerão seu sistema imunológico e poderão interromper o desenvolvimento de doenças mortais.

Um aspecto positivo desse tipo de sangue é a habilidade para utilizar o melhor que a natureza tem para oferecer.

Alimentos que estimulam o aumento de peso

CARNE – É difícil de digerir, é armazenada como gordura.

LATICÍNIOS – Aumentam as toxinas digestivas.

FEIJÃO-ROXINHO – Interfere na ação das enzimas digestivas; diminui o ritmo metabólico.

FEIJÃO-DE-LIMA – Interfere na ação das enzimas digestivas; diminui o ritmo metabólico.

TRIGO – Inibe a eficiência da insulina; reduz a utilização das calorias.

Alimentos que estimulam o perda de peso

ÓLEOS VEGETAIS – Estimulam a digestão; evitam a retenção de líquidos.

ALIMENTOS A BASE DE SOJA – Estimula a digestão; aceleram o metabolismo.

VERDURAS – Estimula a digestão; aceleram o metabolismo.

ABACAXI – Aumenta a utilização das calorias; aumenta a mobilidade intestinal.

Tipo A – O vegetariano – moderado e metódico

TIPO O – O Caçador

A pessoa do tipo O tem aparelho digestivo forte e sistema imunológico superativo, são intolerantes a adaptações dietéticas e ambientais e reage melhor aos estresse com intensa atividade física.

Essas pessoas se dão bem com exercícios físicos intensos e proteína animal.

A alimentação rica em proteínas e as enormes demandas físicas do sistema dos primitivos seres humanos de tipo O provavelmente mantiveram a maioria em um brando estado de cetose – condição em que a pessoa fica mais ácida.

As pessoas de tipo O não digerem tão facilmente os laticínios e grãos quanto as dos outros tipos de sangue, porque seu sistema digestivo ainda não está plenamente adaptado a eles. Afinal, elas não precisam caçar e matar uma tigela de trigo ou um copo de leite!

Alimentos que estimulam o aumento de peso

GLÚTEN DO TRIGO – Interfere na eficiência da insulina, diminui o ritmo metabólico.

FEIJÃO-ROXINHO – Reduz a utilização das calorias.

FEIJÃO-BRANCO – Reduz a utilização das calorias.

LENTILHA – Inibe o metabolismo apropriado dos nutrientes.

REPOLHO – Inibe o hormônio tireoidiano.

COUVE-DE-BRUXELAS – Inibe o hormônio tireoidiano.

COUVE-FLOR – Inibe o hormônio tireoidiano.

FOLHA DE MOSTARDA – Inibe a produção tireóidea.

Alimentos que estimulam a perda de peso

ALGAS – Contêm iodo.

FRUTOS DO MAR – Contêm iodo; aumentam a produção do hormônio tireoideano.

SAL IODADO – Contêm iodo; aumentam a produção do hormônio tireoideano.

FÍGADO – É fonte de vitamina B; aumenta a eficiência do metabolismo.

CARNE VERMELHA, COUVE, ESPINAFRE E BRÓCOLIS – Aumentam a eficiência do metabolismo.

Fonte : Dr. Peter D’Adamo Phd

Artigos Relacionados

Faça parte da lista de conteúdo exclusivos.

Preencha o formulário abaixo para receber os conteúdos.

💬 Precisa de ajuda?