Siga nossas redes!

O saber neuro sistêmico sobre a diabetes tipo 2

Saúde Física

A diabetes tipo 2, que corresponde a 90% dos casos da doença, se manifesta em pacientes que, embora sejam capazes de produzir insulina, apresentam uma redução gradual na produção do hormônio ou desenvolvem resistência à sua ação. Esta condição pode ocasionar, a longo prazo, o desenvolvimento de complicações como AVC, cegueira e doenças cardíacas.

A incidência da diabetes tipo 2 é maior em indivíduos com mais de 40 anos, uma vez que a resistência à insulina é influenciada pelo envelhecimento. O alelo rs757110- G é amplamente estudado como um fator de risco de desenvolvimento da doença. Entretanto, existem outros fatores que contribuem muito para o aumento do risco, tais como obesidade, má alimentação, hábitos sedentários e outras múltiplas variantes genéticas. O gene ABCC8 codifica a proteína SUR1, que participa de uma complexa cadeia de interações moleculares que dispara a sinalização para a liberação da insulina pelo pâncreas em resposta aos níveis de glicose no sangue. Apesar de ainda não estar bem definido pela literatura, estudos recentes indicam que a presença do alelo rs757110-G está associada à menor eficiência dessa sinalização. Essa variante tem um efeito dominante, ou seja, a presença de uma ou duas cópias resultam em uma maior predisposição de desenvolver diabetes tipo 2.
Sugestões:
Quando não possui cópias do alelo rs757110-G e, portanto, pode apresentar menor predisposição para desenvolver diabetes tipo 2 em comparação aos indivíduos que possuem cópias do mesmo. No entanto, existem outros fatores de risco genéticos e diversos outros fatores ambientais, como maus hábitos alimentares, sedentarismo, sobrepeso ou obesidade e estresse, que podem contribuir para o desenvolvimento dessa condição. Mudanças no estilo de vida, engajamento em práticas esportivas e acompanhamento nutricional podem ser bons aliados para a prevenção da doença.
Referências bibliográficas:
VIJI, D. et al. Genetic association of ABCC8 rs757110 polymorphism with Type 2 Diabetes Mellitus risk: A case-control study in South India and a meta-analysis. Gene Reports, v. 13, p.220-228, dez. 2018. BAKHTIYARI, A. et al. Association between ABCC8 Ala1369Ser Polymorphism (rs757110 T/G) and Type 2 Diabetes risk in an Iranian population: a case-control study. Endocrine, Metabolic & Immune Disorders – Drug Targets, v. 20, jul. 2020.

Artigos Relacionados

Faça parte da lista de conteúdo exclusivos.

Preencha o formulário abaixo para receber os conteúdos.

💬 Precisa de ajuda?